Home M DE MÚSICA Enoque: “A banda sonora da minha vida”.

Enoque: “A banda sonora da minha vida”.

0

Foi uma caminhada de quase três anos mas, ao mesmo tempo que construiu o seu primeiro álbum, Enoque acabou por narrar, também, o percurso que o trouxe até aqui.

 

Nasceu em Belo Horizonte mas, do Brasil, as memórias foram construídas já em Portugal, oferecidas pela educação dos pais e pela música que invadia, invariavelmente, a sua casa. Habituou-se a ouvir a mãe cantar e, na igreja evangélica, começou a acompanhar os hinos que lhe enchiam a alma. Pensava que toda a gente cantava assim, que em todas as famílias havia reuniões que acabavam em harmonias vocais. Até que descobriu, no olhar dos outros, que podia fazer e ser diferente. Pela mão de Héber Marques, recebe o incentivo para aprofundar a sua veia artística, ao mesmo tempo que começa a acompanhar os HMB em palco. Depois de compor as suas primeiras canções para a igreja, rapidamente, se vê a colaborar com nomes tão distintos quanto D8 ou Aurea, Bispo ou Fred Ferreira. “Nunca É Bom Demais”, em 2016, torna-se o seu primeiro cartão de apresentação, ao mesmo tempo que deixava no ar o caminho que, dois anos mais tarde, acabaria por dar origem a Na Tua Mão, o seu primeiro longa-duração. É um álbum repleto de convidados, com nomes como Agir ou Sara Tavares e partilhado com Héber Marques, mas é um disco, acima de tudo, seu. São suas as canções, é seu o olhar e tem muito mais do que a sua mão. Tem toda a sua vida: uma vida tingida, para sempre, de funk e de r&b.

LEAVE YOUR COMMENT