Home Notícias NOS Alive: o que não podes perder

NOS Alive: o que não podes perder

NOS Alive: o que não podes perder
0

A 13ª edição do festival decorre no Passeio Marítimo de Algés entre 11 e 13 de Julho.

Num cartaz marcado, sobretudo, por regressos, há muitas curiosidades a reter no que diz respeito ao elenco do 13º NOS Alive. Diverso, eclético, generacionalmente transversal, estes são alguns dos nomes que não vais querer perder.

5. Jorja Smith

Será, finalmente, a estreia de Jorja Smith em Portugal – ou, pelo menos, assim se espera. A Algés, a cantora britânica que deu nas vistas com uma colaboração com Drake, trará o seu primeiro longa-duração, Lost & Found, compêndio soul e r&b publicado em Junho do ano passado.

4. Grace Jones

Não é uma estreia mas tem sabor disso: Grace Jones, ícone andrógino, cantora, actriz, modelo, regressa aos palcos portugueses 25 anos depois da sua última visita. O mais recente álbum da jamaicana tem data de 2008 mas são raras oportunidades como esta para reencontrar uma lenda viva.

3. Robyn

Poucos são os artistas que se conseguem manter relevantes ao longo de várias décadas – mas a sueca Robyn é um desses nomes. Deu-se a conhecer como actriz mas foi com o álbum Robyn Is Here, em 1995, que colocou o mundo inteiro a dançar, com clássicos como “Do You Really Want Me (Show Respect)”. Honey, de 2018, deverá ser o ponto de partida para a segunda visita de Robyn a Portugal, depois de se ter estreado, em 2008, na primeira parte do concerto de Madonna no Parque da Bela Vista, em Lisboa.

2. Thom Yorke

Conhece bem o público português mas nunca passou por palcos nacionais em nome próprio: Thom Yorke regressa ao NOS Alive pela terceira vez mas, desta feita, sem os seus Radiohead. No Palco Sagres, a 13 de Julho, ladeado pelo habitual colaborador, Niles Godrich, Yorke vai apresentar Anima, o seu terceiro álbum a solo, que chegou aos escaparates no passado dia 27 de Junho.

1. Ornatos Violeta

Numa edição que conta com várias participações de nomes portugueses – dos Linda Martini aos Gift, passando por Cristina Branco, Márcia, Stereossauro, Dillaz ou Camané, todos os olhares vão, no entanto, para a imensa festa que será feita, no dia de arranque do festival, a um dos mais importantes álbuns da História da música portuguesa: no Palco NOS, a 11 de Julho, os Ornatos Violeta farão uma reunião memorável para assinalar os 20 anos da edição de O Monstro Precisa de Amigos, o segundo e derradeiro registo da banda do Porto.

O NOS Alive decorre no Passeio Marítimo de Algés, entre 11 e 13 de Julho. Os bilhetes estão à venda, com os preços a oscilarem entre os 60,98 (diário) e os 139,77 euros (passe de três dias).

LEAVE YOUR COMMENT