Home Notícias NOS Primavera Sound: o que não podes perder

NOS Primavera Sound: o que não podes perder

NOS Primavera Sound: o que não podes perder
0

Festival regressa ao Parque da Cidade entre 6 e 8 de Junho

Ao sétimo ano no Porto, o NOS Primavera Sound apresenta aquele que será, provavelmente, o seu cartaz menos consensual. Puro conservadorismo: este é um dos mais interessantes e diversificados alinhamentos em festivais portugueses este ano – entre 6 e 8 de Junho, num cenário privilegiado, há muitas razões para aproveitar o Parque da Cidade.

5. Solange

De certa forma, o público português já tinha desistido de encontrar Solange no NOS Primavera Sound – depois da irmã de Beyoncé ter feito parte do alinhamento do “irmão” espanhol em 2017 e ter deixado o Porto para trás. No passado mês de Março, editou When I Get Home e será esse o ponto de partida para a estreia de Solange em Portugal.

4. Erykah Badu

Depois de um estranho concerto, em Cascais, em 2012, Erykah Badu está de volta a Portugal. Mistura, como poucos, o hip hop e a soul, o r&b e o funk e é uma incontornável voz da música negra desde que, em 1997, deu a conhecer ao mundo Baduizm, o seu registo de estreia. Na última década, editou, apenas, um álbum, New Amerykah Part Two, em 2010, mas, em Barcelona, revelou uma novidade, apresentando, no dia seguinte, Temped, o seu primeiro single desde 2015, o que prova que a sua vitalidade criativa está de volta. Tudo bons indícios para um grande reencontro.

3. James Blake

2019 é o ano dos regressos de James Blake: regressou aos álbuns com Assume Form e regressa, também, ao NOS Primavera Sound, depois de ter marcado presença no Parque da Cidade, em 2013. Por grandes que sejam as multidões ou tremendos que pareçam os palcos, a intimidade da electrónica delicada do cantor e compositor britânico está garantida – mesmo que, no seu quarto longa-duração, os ritmos sejam mais intensos e Blake se divirta a piscar o olho a géneros, outrora, mais arredados do seu horizonte. Travis Scott, André 3000 e Rosalía são alguns dos convidados de Assume Form… o que leva à proposta seguinte.

2. Rosalía

Em Barcelona, Rosalía guardou a cereja no topo do bolo que foi o seu concerto no Primavera Sound quase para o final – quando James Blake se juntou à cantora espanhola para interpretarem “Barefoot in the Park”, de Assume Form. Claro que o público português anseia pela repetição da experiência mas, mesmo que tal não aconteça, vale a pena viajar até ao Parque da Cidade no sábado: a verdadeira revolução que Rosalía tem feito no flamenco – provando que um género tradicional não é uma língua morta e pode, sempre, evoluir e actualizar-se – fez com que todos os olhares se tenham virado para El Mal Querer, o álbum que editou em 2018 e foi uma das edições em destaque para o M de Música.

1. A armada nacional

ProfJam, Mai Kino, Dino D’Santiago, Allen Halloween, Branko ou DJ Kitten são, apenas, alguns dos projectos portugueses confirmados no cartaz da oitava edição do NOS Primavera Sound – que nunca reuniu tantos nomes nacionais no seu alinhamento. Do hip hop ao rock, da electrónica à música do mundo, da pop ao trap, a oferta é vasta e promete escolhas difíceis… além de muitas caminhadas entre os vários palcos que vão ocupar o Parque da Cidade durante três dias que, mais uma vez, prometem ser inesquecíveis.

O NOS Primavera Sound decorre no Parque da Cidade, no Porto, entre 6 e 8 de Junho. Os bilhetes estão à venda, com os preços a oscilarem entre os 56 euros (diário) e os 117 euros (passe geral).

Foto: DR

LEAVE YOUR COMMENT