Home M DE MÚSICA Expensive Soul: “A magia acontece mesmo”.

Expensive Soul: “A magia acontece mesmo”.

0

Se alguém lhes dissesse, na Escola Secundária de Leça da Palmeira, que as distracções das aulas se viriam a tornar vocação, New Max e Demo não iriam acreditar. A magia aconteceu mesmo.

Há coisas que parecem cravadas no destino e os homens nada podem fazer para contrariá-las. Parecia que estava escrito que Tiago e Tó se tinham que conhecer, os dois miúdos que vinham de backgrounds distintos mas que a música havia de juntar. Mesmo que o primeiro encontro tenha sido nas traseiras do Bloco A do liceu nortenho, marcado por uma disputa de raparigas. Depois de Tó chumbar, encontra-se na mesma turma de Tiago e percebem que têm mais amores em comum – quando as aulas começam a ser passadas a escrever as primeiras canções.

Um dia, Tó ouve que José Mariño estava a organizar um concurso no seu programa Repto: uma iniciativa de luta contra a droga leva-os a escrever uma letra à qual juntam uma melodia que, registada numa cassete, é enviada para a Antena 3. Fazem a sua primeira actuação perante um público nacional, no auditório do canal mais jovem da Antena 3. Tiago torna-se New Max, Tó assume-se Demo – eis os Expensive Soul.

Os anos seguintes são passados no circuito de bares na zona do Grande Porto, com as primeiras gravações a serem feitas na garagem dos pais de New Max: B.I. é concretizado com dinheiro de prendas de natal e subsídios de desemprego mas coloca os Expensive Soul no panorama nacional, em 2004. Segue-se Alma Cara e um contrato discográfico mas, logo depois do longa-duração de 2006, os Expensive Soul compreendem que ninguém melhor do que eles sabe o verdadeiro valor da sua obra – e assim tem sido desde Utopia, o álbum de 2010 publicado em edição de autor depois de ter sido dito à dupla que o single em que acreditavam não tinha assim tanta qualidade… “O Amor É Mágico” tornou-se o maior sucesso da carreira dos Expensive Soul e a prova de que o seu futuro estava na sua independência.

Depois de Sonhador, de 2014, os Expensive Soul regressam aos discos em 2019, com a publicação de A Arte da Musas, o registo que é um misto de novidade com celebração – ou não estivessem New Max e Demo a comemorar 20 anos de carreira. Em disco, no mergulho que fazem entre a actualidade e a tradição, entre o hip hop e a soul, entre o ritmo e o groove, os Expensive Soul são únicos. Porém, a grande magia é feita em palco, quando tudo se torna maior, mais intenso, mais apaixonante. Por isso, como não podia deixar de ser, estes 20 anos não são celebrados, apenas, com A Arte das Musas mas também com um grande concerto, agendado para 23 de Novembro, na Altice Arena, em Lisboa. Os Expensive Soul são a prova de que, quando se sonha, a magia acontece. Mesmo.

LEAVE YOUR COMMENT