Home M DE MÚSICA Manel Cruz: “Somos sempre putos”

Manel Cruz: “Somos sempre putos”

0

Se há coisa evidente em Manel Cruz é o seu espírito de inquietação: assume que a música surgiu por acaso, com um grupo de amigos, no liceu, que tinha em comum uma imensa paixão pelos Violent Femmes. Em dois álbuns, tornaram-se uma das mais incontornáveis bandas da história da música portuguesa.

Quando, em 2002, os Ornatos Violeta puseram um ponto final na sua carreira, uma série de portas se abriram para o olhar de Manel Cruz. Alinhou nos Supernada e nos Pluto, aliou o desenho à música em Foge Foge Bandido – até que, em 2015, recriou as suas canções do passado num novo olhar, baptizado Estação de Serviço. Foi preciso esperar por 2017 para que, finalmente, editasse com o seu nome próprio e o título da canção não deixa margem para dúvidas. Não está sozinho mas esta é a primeira vez que encontramos Manel Cruz a solo. “Ainda Não Acabei”, anuncia ele e o público agradece.

LEAVE YOUR COMMENT