Home Notícias MIL: novo festival lisboeta é também convenção internacional

MIL: novo festival lisboeta é também convenção internacional

MIL: novo festival lisboeta é também convenção internacional
0

Xinobi, Capitão Fausto e Linda Martini entre as confirmações

 

Nos dias 1 e 2 de Junho, Lisboa vai abrir os braços à primeira edição do MIL – Lisbon International Music Network, o festival que é também uma convenção e que tem como objectivo “a valorização e divulgação da música popular contemporânea com origem nos países de língua portuguesa, tendo em vista a sua internacionalização”. Em 2017, o MIL vai apresentar uma parceria com França e a cidade de Paris, de onde viajará uma delegação de artistas, profissionais e jornalistas.
Aberto ao público mas também com uma abordagem reservada a profissionais dos mais diversos sectores da indústria discográfica, nacional e internacional, o MIL vai contar com mais de 50 showcases – de várias nacionalidades e géneros – e uma dezena de debates e conferências. Os concertos vão passar pelo Musicbox, Sabotage, Lounge, B.Leza, Tokyo e Roterdão. As conferências e debates repartem-se pela Fundação Arpad Szenes – Vieira da Silva (FASVS), ETIC – Espaço Atmosferas, Pensão Amor e CML – Sala do Arquivo.

Os artistas confirmados para o 1º MIL são: A Cigarra & Birdzzie, Aamar, Adam Naas, B Fachada, Banda B.Leza, Benjamim, Bispo, Cachupa Psicadélica, Capitão Fausto, Cave Story, Da Chick, Diron Animal, DJ Firmeza, Duquesa, Éme, Faon Faon,  First Breath After Coma, The French Beat, Galgo, Golden Slumbers, Izem, Jibóia + Ricardo Martins, Lavoisier, Lawrence & The Hearts, Linda Martini, Luca Argel, Maboku, Marvel Lima, Mazgani, Medeiros/Lucas, Midnight Ravers, Mirror People, Momo, Motta, Paus, Quelle Dead Gazelle, Riding Pânico, Rocky Marsiano, Scuru Fitchadu, Selma Uamusse, Sensible Soccers, Sonars, Stone Dead, Sun Glitters, Surma, The Sunflowers, White Haus, Xinobi, You Can’t Win, Charlie Brown.

Os bilhetes para o MIL já estão à venda, com os preços a oscilarem entre os 20 euros (com acesso aos concertos dos dois dias) e os 40 euros (com acesso às conferencias e aos concertos, alem de entrada prioritária nas salas de espectáculo).

Ana Ventura Ana Teresa Ventura trabalhou na Blitz durante dez anos e hoje podemos vê-la tanto em festivais de verão cobertos pela SIC, como na sua rubrica, M de Música do programa Mais Mulher, na SIC Mulher.

LEAVE YOUR COMMENT