Home Notícias MEO Sudoeste: o que não podes perder

MEO Sudoeste: o que não podes perder

MEO Sudoeste: o que não podes perder
0

A 22ª edição do festival ocupa a Herdade da Casa Branca, na Zambujeira do Mar, entre 8 e 11 de Agosto

 

É um dos mais incontornáveis festivais portugueses de Verão, em actividade desde 1997, ano em que Marilyn Manson chamou a si todas as atenções. Pela Zambujeira do Mar, ao longo de mais de 20 anos, já passaram nomes como Faith No More, Portishead, Daft Punk ou PJ Harvey – de alma renovada, o MEO Sudoeste promete uma semana de férias repleta de momentos incontornáveis, também, em palco.

A SIC Radical volta a ser a televisão oficial do festival e Ana Ventura faz parte da equipa.

 

  1. Papillon

Tornou-se conhecido do grande público como um dos elementos dos GROGNation mas, este ano, Papillon estreou-se em nome próprio. Ao Palco LG by Mega Hits, vai levar o seu primeiro registo a solo, Deepak Looper, que conta com produção executiva de Slow J.

 

  1. Mundo Segundo & Sam The Kid

Desde que se reuniram, têm deixado o éter (e os palcos) em “Brasa” – raras são as circunstâncias em que dois históricos se fundem para levar um género ainda mais longe. É isso que acontece quando o eixo Gaia-Chelas de Mundo Segundo & Sam The Kid se funde numa só realidade e é isso que vai acontecer no Palco MEO, no dia 10 de Agosto.

 

  1. Jason Derulo

Desde que arrancou actividade, em 2009, Jason Derulo tem dado que falar: com quatro álbuns editados, eis que, finalmente, o cantor e compositor da Flórida se estreia em Portugal. Num momento em que prepara a publicação de um novo longa-duração, 777, é provável que se reviva, também, a euforia do Mundial de Futebol – ou não tivesse Derulo assinado o hino para a competição maior do desporto rei.

 

  1. Shawn Mendes

É uma das estrelas maiores da constelação pop actual e está de regresso a Portugal: com o seu terceiro álbum na bagagem, o homónimo revelado este ano, Shawn Mendes passa pelo Palco MEO no derradeiro dia do 22º MEO Sudoeste. O luso-descendente não está, porém, longe de “casa”: o cantor e compositor do Canadá é filho de algarvio e chega ao Alentejo poucos dias depois de ter completado 20 anos.

 

  1. J Balvin

Histórias como a de J Balvin são tudo menos comuns. Nascido na Colombia, apesar de ter vivido nos Estados Unidos, regressou à sua Medellin natal e é de lá que tem feito história: é um dos artistas com mais streams da actualidade (tendo à sua frente, apenas, Drake) e conquistou tamanha façanha sem se desviar ou ceder um milímetro da sua vontade – nunca abandonou nem o espanhol nem o reggaeton. Ao Palco MEO, no dia 8 de Agosto, J Balvin leva Vibras, o seu quinto álbum, editado este ano.

LEAVE YOUR COMMENT