Home Discos Sean Riley & The Slowriders

Sean Riley & The Slowriders

Sean Riley & The Slowriders
0

Quando se olha para a capa do novo álbum de Sean Riley & The Slowriders, a ideia de regresso a casa está, por demais, evidente.

A imagem de um quarto, tão desalinhado quanto a sua ocupante, a preto e branco, um piano, um gira-discos. Uma mulher. É de tudo isto que é feito este registo, porventura, a maior declaração – até agora – do grupo. Ou aquela em que, para lá de todas as influências (mais ou menos) evidentes na sonoridade da banda, Sean Riley & The Slowriders são mais… Eles mesmos.

Depois, vislumbra-se o alinhamento e compreende-se que esta é uma travessia com princípio, meio e fim, de “Intro: Flying Back” a “Outro: S-Bahn”. Também o conceito de viagem se torna mais claro, mesmo que, antes, nada fosse, efectivamente óbvio. Em quatro anos, o grupo editou três álbuns, expressou o seu embalo folk e a sua paixão pelas artes de Dylan ou Kerouc – até que pressionaram o botão de “pausa” e se envolveram noutros projectos, trabalharam com outros músicos, embarcaram noutros veículos. O ímpeto deste regresso a casa fez com que tudo fosse diferente: a identidade do grupo não se perdeu, antes surge mais apurada, directa, essencial, mesmo que repleta de pequenos pormenores. É um caminho feito de tranquilidade, alguma escuridão, de quotidiano observado a passo lento, desfrutado. Vivido.

A voz surge arrastada, a guitarra em suspiros soltos, as teclas ao leme de atmosferas áridas e fumarentas. A voracidade é encontrada em jeito tranquilo, a velocidade é transformada em cadência, ao ritmo compassado de um amor vivido em medos. Se fosse preciso dizê-lo, Sean Riley & The Slowriders é um álbum de amor: a momentos, de forma explícita (oiça-se “Díli” ou o magnífico “Today Forever”), no geral, com subtilezas delicadas. Sim, este é um disco de amor. Acima de tudo, de amor à música.

Ana Ventura Ana Teresa Ventura trabalhou na Blitz durante dez anos e hoje podemos vê-la tanto em festivais de verão cobertos pela SIC, como na sua rubrica, M de Música do programa Mais Mulher, na SIC Mulher.

LEAVE YOUR COMMENT