Home Notícias O Sol da Caparica: o que não podes perder

O Sol da Caparica: o que não podes perder

O Sol da Caparica: o que não podes perder
0

Com a cultura lusófona no horizonte, nos seus vários formatos, estilos e idiomas, o Parque Urbano da Costa de Caparica volta a encher-se de música entre 16 e 19 de Agosto.

 

Está, praticamente, à beira-mar – o que torna a experiência d’O Sol da Caparica ainda mais promissora. É um festival pensado e organizado de forma distinta, com a lusofonia como ponto de partida, chegue de que parte do planeta chegar e com as mais diversas velocidades. Há muito para lá da música n’O Sol da Caparica (entre exposições, performance e debates) mas é aos palcos montados no Parque Urbano da Costa de Caparica que todos os caminhos vão dar.

 

  1. Homenagem a Cesária Évora

Será, sempre, uma das maiores embaixadoras da música cabo-verdiana e nome maior da expressão do português espraiado pelo mundo – sete anos depois da sua morte, O Sol da Caparica recebe, em 2018, a homenagem a Cesária Évora, protagonizada por Elida Almeida, Lura, Lucibela, Nancy Vieira e Teófilo Chantre.

 

  1. Jorge Palma

Dispensa apresentações e as canções que têm pontuado a sua história, que atravessa mais de quatro décadas, tornaram-se elemento fundamental do cancioneiro português. O concerto de Jorge Palma será, certamente, um dos momentos altos da 5ª edição d’O Sol da Caparica.

 

  1. Sara Tavares

Em 2017, regressou aos álbuns, quando publicou Fitxadu mas há muito que Sara Tavares está cravada nos corações do público português. Em si, corre o sangue de Cabo Verde, uma alma que aplica ao mundo inteiro que cabe na sua voz: ele há, de facto, “Coisas Bunitas”.

 

  1. Linda Martini

Ao quinto álbum, homónimo, os Linda Martini encontraram a representação (mais aproximada) daquilo que são em palco – e é em palco que as canções do quarteto ganham outra dimensão, velozes, destemidas, tão depressa vorazes quanto sussurradas. Em palco, poucos são como os Linda Martini e testemunhar um dos seus concertos é, sempre, um momento incontornável.

 

  1. Rodrigo Leão

A celebrar 25 anos de carreira em nome próprio, Rodrigo Leão estreia-se no palco d’O Sol da Caparica no dia 18 de Agosto. Ao festival, levará o espectáculo Aniversário, que faz a retrospectiva de uma história ímpar. Já colaborou com nomes como Beth Gibbons ou Scott Matthew e tem sido aplaudido no mundo inteiro – a Costa da Caparica não será excepção.

 

LEAVE YOUR COMMENT